Começo por partilhar uma frase, que um dia partilharam comigo, e... que significa muito para mim: "A nossa maior glória não está em nunca cairmos, mas sim em nos levantarmos de cada vez que caímos." (Confúcio, 500 a.c.)

07
Set 09

O trabalho vai começar novamente a "apertar" e com ele a dita FALTA DE TEMPO ... 

                                                                   

Será? ... Ou será que não sabemos organizar o nosso tempo? .... Ou que não nos esforçamos por ter tempo?

 

Como me disse um dia um grande amigo.... quando queremos, há sempre tempo. É verdade não é? 

 

 

Pode ser reduzido, mas se vivido com intensidade é compensador!

 

E por isso, e para que não esqueçam, desejo... ou  não desejo um presente qualquer:

 

Desejo-te somente aquilo que a maioria não tem. 
Desejo-te tempo, para te divertires e para sorrir; 
Desejo-te tempo para que os obstáculos sejam sempre superados 
E muitos sucessos comemorados. 
Desejo-te tempo, para planear e realizar, 
Não só para ti, mas também para os outros. 
Desejo-te tempo, não para ter pressa e correr, 
Desejo-te tempo para te encontrares, 
Desejo-te tempo, não só para passar ou vê-lo no relógio, 
Desejo-te tempo, para que fiques; 
Tempo para te encantares e tempo para confiares em alguém. 
Desejo-te tempo para tocares as estrelas,   
E tempo para crescer e amadurecer. 
Desejo-te tempo para aprender e acertar, 
Tempo para recomeçar, se fracassares... 
Desejo-te tempo também para poder voltar atrás e perdoar. 
Desejo-te tempo, para ter novas esperanças e para amar. 
Não faz mais sentido protelar. 
Desejo-te tempo para ser feliz. 
Para viver cada dia, cada hora como um presente. 
Desejo-te tempo, tempo para a vida. 
Desejo-te tempo. Tempo. Muito tempo!

 (Autor Desconhecido)


 

 

 

publicado por Filipa às 23:18

as minhas fotos
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
26

27
28
29
30


Pesquisar
 
blogs SAPO